quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Cassata de bombom revisitada



Bom, essa é a minha versão para uma receita que é muito popular no Rio Grande do Sul. Na verdade, sempre me incomodou o aspecto congelado da receita original. Então eu fiz umas modificações para ficar mais como eu gostaria. Desse jeito também lembra o pavê de bombom que tem aqui em São Paulo. Mas eu prefiro.
Enfim, vamos ao que interessa, a receita:

Creme:
  • 04 gemas
  • 01 lata de leite condensado
  • 01 lata de leite (medir na embalagem de leite condensado)
  • 01 colher de sopa de maisena

Primeiro, faça um creme com todos os ingedientes. Coloque numa panela e misture até desmanchar bem - pode usar um fouet ou mixer.
Leve ao fogo mexendo sempre até formar um creme espesso. Coloque em uma forma ou tigela grande e deixar esfriar. A tigela precisa ter o dobro do tamanho necessário para receber as outras camadas.

Recheio:
  • 250g de bombons Sonho de Valsa (pode ser qq outro)
  • 06 colheres de sopa de cacau em pó
  • 06 colheres de sopa de açúcar
  • 12 colheres de sopa de leite
  • 02 colheres de sopa de manteiga

Pique, rale ou corte em lascas os bombons. Coloque sobre o creme amarelo já frio. Isso é necessário para que os bombons não derretam.
À parte, faça uma calda misturando todos os outros ingredientes: manteiga , cacau em pó, açúcar, leite, manteiga. Deixe levantar fervura e engrossar um pouco. Retire do fogo e coloque sobre os bombons.
Se preferir a calda mais espessa ou rala é só mudar a quantidade de leite. Se não tiver cacau em pó pode usar chocolate em pó - use 12 colheres de chocolate e suspenda o açúcar.

Cobertura:
  • 400g de nata fresca
  • 04 claras
  • 08 colheres de sopa rasa de açúcar
Bata a nata em ponto de chantilly, acrescentando 04 colheres de sopa rasas de açúcar. Reserve. Bata as claras em neve com as outras 04 colheres de sopa rasas de açúcar.
Misture as claras em neve e o chantilly com delicadeza, num recipiente à parte. Despeje sobre a camada de bombons e calda e leve para gelar.
Use a geladeira, não leve ao congelador. O chantilly e a maisena garantem a firmeza necessária à receita. Deixe gelar por algumas horas (melhor se for de um dia para outro). E sirva!

*importante: é preciso usar nata fresca e não creme de leite enlatado normal, pois o segundo não vira chantilly. Use esse tipo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário