terça-feira, 22 de novembro de 2016

Papo de Anjo





Papo de Anjo é uma sobremesa tipicamente portuguesa. Tem como ingrediente principal os ovos, ou melhor, as gemas, assim como a maioria dos doces portugueses. Para quem não sabe entre os séculos XVIII e XIX, Portugal era o maior produtor de ovos  da Europa. A maior parte da sua produção de ovos era para utilização na atividade manufatureira. As claras eram usadas para engomar roupas elegantes do mundo ocidental e era usada como purificador na fabricação de vinho branco.  Com a sobra das gemas foram por um bom tempo uma das principais fontes de alimentação na criação de animais. Isso não se restringia apenas aos animais, mas também eram servidos para o sustento de monges, freiras e aldeões. E ainda assim sobravam muitas gemas. Com a fartura de açúcar que vinha das colônias portuguesas. Surgiu a brilhante ideia de preparar doce a base de gemas.  Foi a partir desta inspiração que surgiram nos antigos conventos os doces típicos portugueses como barriga de freira, pão de ló e o próprio papo de anjo.  Veja só que curioso, os nomes dos doces são todos de origem bíblica. Para te inspirar ainda mais nesta viagem pelo passado, que tal preparar esta delicia de sobremesa. Confira a receita e veja como é fácil o seu preparo:




Ingredientes


8 gemas

1 colher (café) de fermento em pó


Ingredientes para a calda


1 colher (chá) de baunilha

2 xícaras (chá) de água

1 xícara (chá) açúcar

½ xícara (chá) de mel

4 cravos da índia


Em uma batedeira adicione as gemas e o fermento em pó, bata por aproximadamente 5 minutos até a mistura  virar um creme claro e aerado. Despeje a mistura em forminhas de empada untada com manteiga no tamanho pequeno (5cm de diâmetro). Coloque até um pouco mais da metade da forminha. Coloque-as em uma assadeira e leve ao forno preaquecido a 180°C por aproximadamente 20 minutos ou até dourar levemente. Retire do forno e deixe esfriar para desenformar. 


Para a calda adicione em uma panela a água, o açúcar, o mel, a baunilha, os cravos da índia misture delicadamente. Leve ao fogo baixo e não mexa mais para não açucarar a calda, deixe levantar fervura. Quando formar uma calda rala, retire do fogo e deixe esfriar.

Acomode os papos de anjo em uma compoteira e acrescente a calda. Leve para gelar por 1 hora para que o papo de anjo absorva bem a calda. Sirva gelado. Rendimento 25 unidades. 




Dika da Naka


  • Espete em cada papo de anjo um cravo da índia. Além de ficar um charme dá um sabor a mais.
  • Durante o preparo do papo de anjo passe as gemas pela peneira. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário