quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Nhoque de batata




Nhoque é uma receita clássica italiana, bem fácil de fazer  e uma delícia de comer!!! Rsrsrs... Faço com frequência aqui em casa, todos amam!!! Existem muitas versões e receitas de nhoque , particularmente acho esta bem prática,  a sua textura é bem leve e o sabor da manteiga dá  um toque  todo especial ao prato. Para o molho sugiro servir com molho de tomate caseiro, se preferir pode usar o molho pronto, você escolhe. Para quem não conhece diz a lenda que comer nhoque todo dia 29 traz sorte. Para entender melhor, conta que São Pantaleão, em um certo dia 29 de dezembro , vestido de andarilho, com forme bateu em muitas portas e em uma casa muito humilde dividiu o pouco que tinha , ou melhor,  7 bolinhas de massa para cada um. São Pantaleão comeu, agradeceu pelo prato de comida e foi embora. Depois ao recolher os pratos foi  encontrado em baixo de cada prato muito dinheiro. E assim, surgiu a tradição de todo dia 29 comer o nhoque da fortuna.  O ritual consiste em colocar dinheiro em baixo do prato e comer as sete primeiras bolinhas de nhoque em pé, fazer um pedido para cada um deles e depois comer à vontade. Que tal experimentar fazer o mesmo? Confira a receita completa:


Ingredientes para o nhoque

1 kg de batata (tipo Asterix)
1 gema
1 colher de (sobremesa) de margarina
Sal a gosto
200g de farinha de trigo (aproximadamente)

Ingredientes para o molho

50g de queijo parmesão ralado
2 xícaras de (chá) de molho de tomate caseiro ou pronto


Cozinhe as batatas em água e sal até que estejam macias, escorra a água, descasque  e passe pelo espremedor ainda quente, deixe esfriar bem e  junte a gema e a margarina. Aos poucos acrescente a farinha de trigo até que forme uma massa macia, no ponto de enrolar.


Faça tiras com a massa em uma bancada enfarinhada e corte em pequenos pedaços de aproximadamente 1 cm .Deixe secar na bancada  por aproximadamente 15 minutos.


Em quanto isso, em uma panela adicione  água, um fio de óleo ou azeite  e uma pitada de sal deixe ferver, coloque o nhoque de pouco em pouco  e deixe até começar a flutuar sobre a água cerca de 4 minutos aproximadamente. Retire com uma escumadeira,  escorra, acomode em uma travessa e acrescente o molho de tomate caseiro ou molho pronto, salpique queijo parmesão. Sirva em seguida. Rendimento:  6 porções.


Dika da Naka:

  • Para esta receita gosto de usar a batata tipo Asterix por ser mais sequinha, contém menos água.
  • Cozinhe as batatas com casca  em água fervente, não cozinhe muito para que não fique aguada, pois  consequentemente vai necessitar de mais farinha de trigo para dar o ponto.
  • Depois de amassar bem a batata deixe esfriar bem para que não necessite de muita farinha de trigo. Se achar necessário coloque na geladeira.
  • O nhoque que acabou de enrolar deve ser cozido logo em seguida, mesmo se não for consumir naquele momento.
  • Cozinhe o nhoque   uma pequena quantidade  de cada vez para que não grudem uma na outra. Assim que os nhoques flutuarem é sinal que já estão cozidos, aí é só retirar e deixar escorrer.
  • O nhoque pode ser congelado e sua validade é de 90 dias. Depois de cozida a massa  de nhoque espalhe  em uma assadeira e leve ao freezer deixe até congelar, recolhe e  armazene em saquinho plástico ou potinho, retire bem o ar e feche bem para que não entre umidade e volte ao freezer.  Para descongelar, retire do freezer e deixe descongelando dentro da geladeira. Depois de descongelado acomode o nhoque em uma travessa e leve para aquecer. Sirva com molho de sua preferência.







Nenhum comentário:

Postar um comentário